Da antiguidade à modernidade: Explorando Roma em seu aniversário de 2776 anos

Dia 21 de abril, Roma, comemora 2776 anos.

São quase 3000 anos de arte e arquitetura influenciando o mundo. É o centro onde emergiu um dos mais extensos impérios da Antiguidade.

Suas ruínas mostram o poder do Império Romano na Antiguidade, o Fórum e o Coliseu são testemunhas vivas do seu poder.

Criada no século VIII Ac contou com diferentes influências culturais e étnicas entre elas os etruscos, sabinos, umbrios e gregos. Não podemos esquecer que antes da criação de Roma, os etruscos já eram uma das principais civilizações da Península Itálica.

Na verdade, Roma, formou dá fusão de sete pequenas aldeias de pastores latinos e sabinos situadas às margens do rio Tibre.

Quando conquistada pelos etruscos, passou a ser uma verdadeira cidade Estado.

Hoje, é um dos destinos mais marcantes.

A combinação entre o Velho Mundo e o moderno encanta a todos.

Roma é um museu a céu aberto.

Placas de sinalização espalhadas pela cidade levam a obras históricas impassíveis enquanto que, tudo acontece na cidade.

Eles estão ali e ao observá-los somos levadas as páginas dos nossos livros, as cadeiras que sentamos na nossa infância e na nossa juventude, quando ouvíamos os relatos desta tão imponente cidade, deste tão vasto império.

Roma é para ser apreciada, para ser sentida.

É inadmissível alguém dizer que conhece Roma, se passou por ela numa dessas excursões da modernidade.

Não, não conheceu, não conhece.

Roma é para caminhar lentamente apreciando cada passo, cada rua, cada esquina.

O Coliseu, o Pantheon, o Fórum Romano é tudo imperdível, mas ir até a Fontana de Trevi, ficar de costas e jogar a moedinha, também é conhecer e sentir Roma.

É sentir o sabor da Dolce Vita, é sonhar e ter vontade de se banhar numa noite quente na mesma fonte que muitos se banharam na fantasia ou na realidade.

Dando continuidade na caminhada fazer paradas estratégicas faz parte para descansar e degustar num dos muitos charmosos cafés espalhados pela cidade um vero cappuccino ou um legítimo expresso italiano.

E na hora que a fome apertar, Santo cielo, é hora de explorar uma das melhores experiências, a gastronomia romana.

Saboreie seus antepastos, sua pasta fresca, na cantina ou restaurante do seu gosto, para todos os bolsos, e enquanto espera nada como um biccieri di vino.

Pois, Roma, não é só uma cidade envelhecida que vive do seu passado, é vibrante, moderna, referência mundial na gastronomia.

Quando estiver em Roma, não e esqueça que está no meio de ruínas históricas arquitetônicas dos templos de Castor e Polux, de Saturno, de Vesta, as Basílicas de Constantino Maxencio e Giulia, os arcos de Constantino, os fóruns de Cesare de Trajano, além da Via Sacra.

São muitas as maravilhas a serem mencionadas, mas pensar que você tem neste céu aberto um único edifício construído na época Greco Romana, com mais de dois mil anos, é estar no presente e no passado concomitantemente, e sentir as emoções que cada um proporciona.

E, se você duvidar de tudo que eu disse e tenho a dizer, vá até a Bocca de lá Veritá, é faça a sua pergunta.

Caminhe, aprecie, saboreie cada partícula de Roma, não esquecendo das suas belas praças e belos palácios.

No final sente-se na escadaria da Piazza di Spagna, num por de sol, e diga…afinal conheci Roma.

Foi assim, que eu, Maria Tereza o fiz.

Matéria de Maria Tereza Monaco que é uma seguidora de nossas redes sócias, apaixonada pela Itália e atualmente aluna do Curso de Italiano

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram